Skip to Content

Concessionária do Galeão admite possibilidade de novos sócios

Closed
by October 17, 2016 General

O presidente da concesssionária do aeroporto Rio Galeão, Luiz Rocha, afirmou nesta segunda-feira (17), após reunião com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles e com representantes do aeroporto Changi, de Cingapura – sócios do empreendimento –, que há possibilidade de ingresso de novos sócios na empresa.

Atualmente, a estatal Infraero controla 49% do consórcio Rio Galeão. Os demais 51% pertencem em sua maioria à Odebrecht (60% dessa parcela) e à Changi Airports International (40% da parcela minoritária).

“Existe sempre a possibilidade de buscar novos sócios. Estamos sempre em conversa com alguns. A Changi tem participação acionária em outros aeroportos fora de Cingapura e tem relacionamento com investidores de primeira linha. E a ideia é trazer alguns deles para o Galeão”, declarou ele.

saiba mais

Segundo Luiz Rocha, há possibilidade também de a Changi substituir a Odebrecht caso a empresa decida vender sua participação no empreendimento. “A Changi está falando com potenciais investidores”, declarou.

Questionado por jornalistas, Luiz Rocha afirmou que o ambiente para se investir no Brasil está  “mais tranquilo”.

“Melhorando, visivelmente, e a maior comprovação disso são os nossos investidores de Cingapura que se comprometeram no longo prazo com o Brasil, ofertando um investimento só em valor de outorga de R$ 19 bilhões [no Rio Galeão]”, declarou.

Segundo ele, o pagamento da outorga deste ano, no valor de R$ 900 milhões, que deveria ter sido feito em abril, foi postergado para o fim de 2016 porque o financiamento bancário ainda não foi aprovado.

“Mas também estamos em tratativas com o BNDES e conversando com o governo. Acreditamos que deveremos chegar a uma solução a contento para todos”, declarou.

Previous
Next