Skip to Content

Saturday, August 24th, 2019

Há cada vez mais petróleo armazenado em navios

Closed
by June 30, 2016 General

A Agência Internacional de Energia (AIE) está, segundo a BBC, a monitorizar a situação e identificou, no final de Maio, cerca de 94 milhões de barris de petróleo bruto naquilo que é conhecido como “armazenamento flutuante”. Segundo a AIE esse tipo de armazenamento não costuma ultrapassar os 70 milhões de barris.

A actual situação é aquela em que aqueles que fazem comércio mantêm o petróleo no mar até que os preços subam. O problema é que, apesar de estar a subir, não está a subir à velocidade que seria necessário para fazer economicamente sentido. Porque manter petróleo em navios-tanques não é assim tão barato, uma vez que existem custos dos navios e dos seguros, refere a BBC.

Alguns especialistas dizem que a verdadeira razão para que os navios fiquem ancorados fora dos portos é que não existe já capacidade de armazenamento em terra, uma vez que a oferta tem estado a ser muito superior à procura.

O que vai acontecer a seguir é a questão que se coloca. Os especialistas disseram à BBC que, à medida que o preço for subindo, o petróleo deverá ser encaminhado para as refinarias, diminuindo o armazenamento flutuante.

A AIE prevê que a actual situação de armazenamento de crude deverá voltar aos cerca de 70 milhões de barris durante o que resta do ano, sublinha a BBC.

A pior situação de sempre em termos de armazenamento flutuante verificou-se em 2009, quando a AIE contabilizou 112 milhões de barris de petróleo no mar, a que era necessário acrescentar 58 milhões de barris de produtos petrolíferos, perfazendo um total de 170 milhões de barris.

Previous
Next