Skip to Content

Saturday, August 17th, 2019

Senado dos EUA confirma Jon Huntsman como embaixador em Moscovo

Closed
by September 29, 2017 General

Antes, Huntsman já tinha sido o principal diplomata dos EUA em Singapura, durante a presidência de George H.W. Bush, e Pequim, com Barack Obama na Casa Branca.

O antigo governador do Estado do Utah, Jon Huntsman, que chegou a apelar a Donald Trump para que abandonasse a corrida eleitoral, foi confirmado hoje pelo Senado como o próximo embaixador norte-americano na Federação Russa. Huntsman teve uma confirmação fácil, merecendo elogios de republicanos e democratas.

Antes, Huntsman já tinha sido o principal diplomata dos EUA em Singapura, durante a presidência de George H.W. Bush, e Pequim, com Barack Obama na Casa Branca, antes de regressar ao país para disputar as presidenciais de 2012.

Durante a sua audição na comissão de Negócios Estrangeiros do Senado, Huntsman esteve com um tom forte, em contexto de tensões entre Washington e Moscovo.

Se bem que Trump tenha considerado a interferência russa nas eleições presidenciais norte-americanas em 2016 como uma falsificação, promovida pelos democratas, Huntsman afirmou “não há dúvida, sublinho, não há dúvida” que Moscovo interferiu.

E acrescentou que a Rússia “continua a interferir no processo democrático dos amigos e aliados” dos EUA, além de desrespeitar os compromissos que assumiu com os tratados que assinou sobre o controlo de armas.

  COMENTÁRIOS

Previous
Next