Skip to Content

Sunday, September 15th, 2019

Startup portuguesa entre as 12 finalistas do Free Electrons

Closed
by April 28, 2017 General

Já foram escolhidas as 12 empresas inovadoras de energia que irão participar no Programa Mundial de Aceleração de Startups – Free Electrons.

De um total de 451 startups inscritas, foram selecionadas quatro dos Estados Unidos da América (EUA), duas de Israel e uma de Portugal, Inglaterra, Alemanha, Irlanda, Suíça e Índia.

A BeOn Energy, a startup portuguesa finalista, comercializa microinversores que servem para transformar a corrente contínua em corrente alternada de forma a injetar na rede a energia produzida pelos painéis solares. O processo de inversão consiste em fornecer, na saída do inversor, uma tensão alternada ou corrente alternada, utilizando para isso tensão/corrente contínua como alimentação (por exemplo, um painel solar fotovoltaico). Neste momento, a BeOn Energy é fornecedora de microinversores para a EDP, que os integra na sua oferta solar.

As 12 startups vão agora iniciar a sua participação nos três módulos de aceleração, com duração de uma semana, focados na adoção de inovação pelas utilities, em São Francisco/Silicon Valley, Lisboa/Dublin e Singapura. O primeiro modulo acontece já em maio em Silicon Valley e as 12 startups selecionadas irão participar em workshops e reuniões com as utilities onde irão aprofundar os seus projetos.

As 12 finalistas por área:

Smart Grid

  1. DEPsys
  2. DataGlen Technologies
  3. Greencom Networks

E-Mobility

  1. Driivz

Clean Energy

  1. BeON
  2. HST Solar
  3. EthosGen

Energy Management

  1. climote
  2. OhmConnect
  3. Simple Energy
  4. Tempus Energy

Cyber Security

  1. Aperio Systems

O Free Electrons procura recrutar startups ligadas à energia que impulsionarão a próxima geração de ideias em energia limpa, eficiência energética, mobilidade elétrica, digitalização e serviços de apoio ao cliente a pedido. O programa Free Electrons foi iniciado por oito utilities internacionais, AusNet Services, Dubai Electricity and Water Authority (DEWA), ESB (Electricity Supply Board), EDP (Energias de Portugal), innogy, Origin Energy, Singapore Power (SP) e Tokyo Electric Power Company (TEPCO), com o apoio de dois parceiros aceleradores, New Energy Nexus e Swissnex San Francisco.

 

Previous
Next